Hospitais de Blumenau vão priorizar pacientes com mais chances de sobrevivência

Diante da indisponibilidade de leitos de UTI e da escassez de recursos para tratamento de pacientes com Covid-19, os hospitais Santa Catarina, Santa Isabel e Santo Antônio, de Blumenau, iniciaram os testes de um protocolo de triagem para alocação adequada de insumos como oxigênio, ventilação mecânica e medicamentos.

Conforme o protocolo, os recursos em esgotamento serão priorizados aos pacientes com prognóstico de vida maior. A medida estabelece critérios para utilização das UTIs e enfermaria, com o objetivo de qualificar o atendimento e garantir prioridade de acordo com os critérios de avaliação técnica.

Os hospitais asseguram que todos os pacientes serão atendidos, mas a orientação é que as pessoas procurem os pronto-socorros apenas em situação de urgência e emergência. Casos com sintomas leves devem se dirigir aos serviços de atendimento rápido nos Ambulatórios Gerais (AGs) ou no Setor 3 do Parque Vila Germânica.

“Os hospitais Santa Catarina, Santa Isabel e Santo Antônio seguem trabalhando de forma incansável para atender aos pacientes que procuram nossas unidades em busca de tratamento para Covid-19 e outras doenças, conforme a especialidade de cada instituição. Contamos com o auxílio da Prefeitura de Blumenau nas contratações para ativação das UTIs, nas testagens, nas medidas de isolamento social e monitoramento, mas precisamos que a comunidade faça sua parte! Chegamos em ponto crítico, que nos leva a tomar decisões difíceis para o tratamento da Covid-19”, afirmam as administrações, em comunicado oficial conjunto.

Blumenau já registrou 355 óbitos por complicações decorrentes do coronavírus. Atualmente, a taxa de ocupação dos leitos de UTI na cidade é de 100%, enquanto em enfermaria, a ocupação está em 64%.

Fonte: OCP News

Compartilhe