Sobrevivente do voo da Chapecoense volta a sofrer grave acidente e se salva novamente

Um dos seis sobreviventes da tragédia da Chapecoense em 2016, Erwin Tumiri voltou a sofrer um grave acidente cinco anos depois.

Técnico da tripulação do voo da Chape, que caiu e matou 71 pessoas na Colômbia, o boliviano agora esteve em um ônibus que capotou em uma rodovia próximo a cidade de Ivirgarzama, na Bolívia, e deixou 21 vítimas fatais na madrugada desta terça-feira (2).

Porém, Erwin novamente se salvou e teve apenas lesões no joelho e arranhões nas costas, mas sem gravidade.

“Ele está estável, graças a Deus, mais uma vez ele foi salvo. Eu conversei com ele e ele disse que está bem. É com a força do Senhor, ele sempre cuida de nós e tem seu tempo”, disse a irmã do boliviano, Lucia Tumiri, em entrevista ao jornal Los Tiempos.”

Fonte: OCP News

Compartilhe