Chape Líder! Verdão vence a Ponte Preta e reassume a liderança da Série B

A Chapecoense reassumiu a liderança da Série B. Nesta quinta-feira (21), em jogo válido pela 36ª rodada da competição, o Verdão venceu a Ponte Preta, na Arena Condá, em Chapecó (SC), e voltou para o primeiro lugar do torneio. O gol da vitória da Chape foi marcado por Perotti, de pênalti no fim da partida.


Receber as principais informações diariamente pelo WhatsApp

A Chapecoense tinha nesta quinta-feira mais uma chance de assumir a liderança da Série B. Uma vitória simples, colocava o time catarinense na primeira posição. No outro lado, a Ponte Preta ainda sonhava com uma vaga para a Série A e uma vitória em Chapecó a aproximava do acesso. Com esse pensamento, a Macaca foi a primeira a atacar na Arena Condá. Aos 9’, o ex-Chapecoense Camilo cobrou uma falta, mas a bola pegou na rede, em cima do gol de João Ricardo. A resposta da Chape veio no minuto seguinte. Aos 10’, Anselmo Ramon brigou com a defesa e a bola sobrou para Mike que finalizou, mas a bola foi para fora.

As defesas de Chape e Ponte Preta eram predominantes na partida. As equipes pouco conseguiram criar no ataque na primeira etapa. Aos 32’, Felipe Santana dividiu com o goleiro Ygor e a bola sobrou para Aylon, que finalizou, mas a bola foi para fora.

Aos 39’, após uma forte entrada em Alan Ruschel, o atacante Luan Dias foi expulso pelo lado da Ponte Preta. Com um a mais no jogo, a Chape começou a pressionar a zaga da Macaca e quase abriu o placar ainda no primeiro tempo. Aos 45’, o atacante do Verdão Aylon finalizou uma bola na trave, no rebote, Anselmo Ramon bateu para o gol. O goleiro Ygor Vinhas salvou com o pé e a bola ainda pegou no travessão, antes de ir para fora.

Mesmo com a pressão final, a Chape não conseguiu abrir o placar e o primeiro tempo terminou zerado.

Foto: Márcio Cunha/ACF

Com um a mais, a Chape entrou no segundo tempo com mais posse de bola. O Verdão ocupava o campo da Ponte Preta e conseguia criar as melhores chances. Aos 10’, Paulinho Moccelin cruzou para a área, o goleiro da Macaca afastou errado e Aylon cabeceou, mas a bola foi para fora. Três minutos depois, aos 13’, novamente Moccelin cruzou para a área e após uma pequena confusão, Willian Oliveira finalizou sozinho, de frente para o gol, mas a bola foi para fora.

O Verdão continuava no ataque e criava as melhores chances. Aos 27’, Paulinho Moccelin deu um belo passe para Perotti dentro da área. O camisa ‘77’ do Verdão tentou finalizar de voleio, mas pegou errado na bola e o goleiro da Ponte Preta defendeu. 

A Ponte Preta pouco conseguiu criar depois da expulsão de Luan Dias. A Macaca apostava nas bolas paradas para marcar o seu gol. Aos 29’, Meto Moura cobrou uma falta na área, Orobó cabeceou e a bola passou ao lado do gol de João Ricardo.

Na bola parada, o Verdão quase conseguiu o gol. Aos 41’, após levantamento na área, Luiz Otávio subiu e cabeceou, mas a bola foi para fora.

Aos 46’ do segundo tempo, o goleiro João Ricardo salvou a Chape. Guilherme Pato ficou cara a cara com o goleiro da Chape e João Ricardo defendeu a bola. Logo na sequência saiu o gol da Chape. Roberto sofreu o pênalti e na cobrança Perotti coloca a Chape na frente no jogo e no Campeonato Brasileiro.

Fim de jogo na Arena Condá. Chapecoense 1, Ponte Preta 0.

Com a vitória, a Chapecoense vira líder da Série B. A Chape volta a campo na próxima segunda-feira (25), contra o Operário no Paraná.

Chapecoense x Ponte Preta

Local: Arena Condá, Chapecó (SC)

Data: 21 de Janeiro de 2021, Quinta-feira

Horário: 17h45 (horário de Brasília)

Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (CBF/DF)

Assistentes: Clovis Amaral da Silva (CBF/PE) e Thiago Gomes Magalhães (CBF/RJ)

Chapecoense: João Ricardo 1; Matheus Ribeiro 2, Luiz Otávio 3, Felipe Santana 27 e Alan Ruschel 28 (Roberto 11); Willian Oliveira 29, Ronei 15 (Perotti 77) e Denner 8 (Bruno Silva 14); Mike 17 (Aylon 18), Paulinho Moccelin 94 e Anselmo Ramon 9 (Foguinho 45). Técnico: Umberto Louzer.

Ponte Preta: Ygor Vinhas 1; Apodi 22, Luizão 3 (Ruan Renato 4), Wellington Carvalho 34 e Yuri 16; Dawhan 5 (Neto Moura 7), Vinícius Zanocelo 20 e Camilo 10 (Guilherme Pato 19);  Luan Dias 15, Matheus Peixoto 29 (Tiago Orobó 99)(Moisés 21) e Bruno Rodrigues 11. Técnico: Fábio Moreno

Cartão Amarelo: Luan Dias (PON), Alan Ruschel (CHA), Willian Oliveira (CHA), Paulinho Moccelin (CHA), Dawhan (PON), Tiago Orobó (PON)

Cartão Vermelho: Luan Dias (PON)

Gol: Perotti (CHA).

Fonte: ClicRDC

Compartilhe