Chape consegue o empate contra o Paraná e se mantém no G-4 da Série B

Na noite dos gols ‘sem querer’, Chapecoense e Paraná empataram em 1 a 1 na Vila Capanema, em Curitiba (PR). A partida desta terça-feira (29) foi válida pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B. Os gols da partida foram marcados por Gabriel Pires pelo time paranaense e Bruno Silva pelo Verdão.


Receber as principais informações diariamente pelo WhatsApp

O Verdão iniciou a partida com mais posse de bola e velocidade nas alas. Paulinho Moccelin e Aylon tentavam armar as jogadas nas costas de Paulo Henrique e Jean Victor, laterais do Paraná. Aos 11’, novamente pela ponta, mas desta vez com Ronei, a Chape chegou ao ataque. O camisa ‘15’ do time catarinense chegou bem pela direita e cruzou, Anselmo Ramon chutou pressionado pela zaga e a bola foi para fora.

A Chape continuava melhor e conseguia criar as melhores chances da partida. Aos 13’, Aylon recebeu no lado direito de ataque, arrumou para a perna esquerda e chutou, mas a bola saiu fraca, fácil para o goleiro Alisson defender. Dois minutos depois, aos 15’, após erro de passe do time paranaense, Anselmo Ramon tocou para Paulinho Moccelin, que chutou rasteiro e forte, mas a bola foi para fora, muito perto da trave do Paraná.


Foto: Márcio Cunha/ACF

Mesmo com mais posse de bola da Chape, o Paraná conseguiu equilibrar a partida. Aos 41’, Paulo Henrique cruzou na área, Andrey chegou no segundo pau, mas errou a finalização, na sequência, o camisa ‘11’ consegue recuperar a bola e passou para Bruno Gomes, que finalizou, mas longe do gol de João Ricardo. Apesar de estar melhor na primeira etapa, a Chape não conseguiu abrir o placar no primeiro tempo.

Com o mesmo roteiro do primeiro tempo, a Chape começou melhor a segunda etapa na Vila Capanema. Com mais posse, o Verdão habitava o campo de ataque em busca do primeiro gol do jogo. Aos 6’, o time catarinense quase abriu o placar com uma linda jogada de Paulinho Moccelin. O camisa ‘94’ da Chape deu uma caneta no volante Higor Meritão e chutou colocado no canto esquerdo. O goleiro Alisson pulou e fez uma linda defesa.

Na segunda etapa, o Paraná conseguiu equilibrar e até ser melhor que a Chape em algumas ocasiões. No momento que o time paranaense tinha mais a bola e criava mais, o Verdão conseguiu armar um contra-ataque. Aos 16’, após tabela de Aylon e Anselmo Ramon, o camisa ‘18’ da Chape ficou cara a cara com Alisson e finalizou de bico, mas o goleiro do Paraná defendeu. O Paraná conseguiu assustar a defesa da Chape as 22’. Após um cruzamento na área do Verdão, Bruno Gomes finalizou na segunda trave e João Ricardo conseguiu a defesa.


Foto: Márcio Cunha/ACF

Da metade para o fim do jogo, o Paraná conseguiu se impor em casa e foi melhor que a Chape. A melhora do time paranaense resultou no primeiro gol da partida. Aos 32’, Gabriel Pires chutou na ponta da área, a bola desviou no meio do caminho e não deu chances para o goleiro João Ricardo.

O gol do Paraná e algumas mudanças de Umberto Louzer acordara o time catarinense. Aos 38’, Bruno Silva recebeu a bola na esquerda e mandou para a área. A bola pega no chão, ganha velocidade, vai em direção ao gol e entra. O Verdão empatava a partida na Vila Capanema.

Após o gol da Chape, as equipes não conseguiram criar grandes chances e o jogo terminou no empate. Fim de partida na Vila Capanema, Paraná 1, Chapecoense 1.

Com o empate, o Verdão ficou no G-4, na quarta colocação com 19 pontos, quatro a menos que o líder, Cuiabá, que soma 23 pontos.  Em relação ao time de Mato Grosso, o Verdão tem duas partidas a menos. O time Catarinense volta a campo no sábado (3), contra o Brasil de Pelotas no Bento Freitas, em Pelotas (RS).


Foto: Márcio Cunha/ACF

Paraná x Chapecoense

Local: Estádio Durival Britto ‘Vila Capanema’, Curitiba (PR)

Data: 29 de Setembro de 2020, terça-feira

Horário: 21h30 (horário de Brasília)

Árbitro: Diego Pombo Lopez (CBF/BA)

Assistentes: Marcos W. Rocha de Amorim (CBF/BA) e Luanderson Lima dos Santos (CBF/BA)

Paraná Clube: Alisson 1; Paulo Henrique 2, Salazar 3 (Roberto 13), Hurtado 4 e Jean Victor 6; Jhony Douglas 5, Higor Meritão 8 e Renan Bressan 10; Gabriel Pires 7, Andrey 11 e Bruno Gomes 9 (Léo Castro 18). Técnico: Allan Aal

Chapecoense: João Ricardo 1; Ezequiel 30 (Vini Locatelli 10), Joílson 33, Luiz Otávio 3 e Alan Ruschel 28; Ronei 15 (Evandro 21), Anderson Leite 26 e Denner 8 (Thiago Ribeiro 7); Aylon 18 (Bruno Silva 14), Anselmo Ramon 9 e Paulinho Moccelin 94 (Felipe Garcia 46)  (Thiago Ribeiro 7). Técnico: Umberto Louzer.

Cartão Amarelo: Jhony Douglas (PAR), Paulinho Moccelin (CHA), Ronei (CHA), Anderson Leite (CHA), Ezequiel (CHA), Paulo Henrique (PAR) e Aylon (CHA).

Gol: Gabriel Pires (PAR) e Bruno Silva (CHA).

Fonte: ClicRDC

× Conversar via WhatsApp